top of page

Cidadãos metropolitanos prestigiaram a 1ª Audiência Pública do PDUI-RMC

Evento reuniu centenas de pessoas para debaterem o futuro da região metropolitana


Em um auditório com cerca de 200 pessoas, há um palco em formato semi circular, sobre o palco há uma grande tela e um púlpito, de onde o diretor da empresa apresenta o slide contido na tela. O conteúdo apresentado na tela se refere aos objetivos específicos do plano de acordo com o seu Termo de Referência.
O diretor da URBTEC™, Gustavo Taniguchi, apresentou o conteúdo técnico e respondeu as dúvidas no primeiro evento do PDUI-RMC. | Foto: Matheus Carneiro/URBTEC™

Aconteceu na noite de 27 de setembro de 2023 a Primeira Audiência Pública do processo de elaboração do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de Curitiba (PDUI-RMC). Mais de duzentas pessoas participaram do evento na sede, na Usina da Música, em São José dos Pinhais (PR). Os cidadãos dos outros 28 municípios da RMC puderam acompanhar e contribuir por meio dos Centros de Apoio Municipal (CAMs).


No evento, foi apresentado e debatido o conteúdo do Produto 01 — Mobilização e Plano de Trabalho, que aborda a metodologia a ser aplicada na elaboração do PDUI-RMC, disponível para consulta pública no site do plano (www.pduirmc.com.br/documentos). A transmissão do evento pode ser assistida no canal da Amep no YouTube, e já conta com mais de mil visualizações.


A apresentação técnica e o momento de contribuições foram conduzidos pelo engenheiro civil Gustavo Taniguchi, diretor da URBTEC™, empresa que compõe o Consórcio PDUI-RMC Sustentável, juntamente à Technum.


"Este é um marco significativo para a elaboração do plano, e estamos orgulhosos de ver a adesão da sociedade no evento. Contamos com essa participação ativa da população ao longo do processo, para construirmos juntos o futuro da região metropolitana”, declarou Gustavo.

O momento das participações foi realizado em rodadas intercaladas entre os participantes que estavam presentes no auditório em São José dos Pinhais e os que acompanhavam presencialmente nos CAMs. No total, 25 pessoas contribuíram em São José dos Pinhais e houve 17 manifestações por meio dos CAMs.


A imagem possui 3 planos visuais, no primeiro plano, foco principal da imagem observa-se duas telas de computador que exibem em um mosaico todas as câmeras ligadas em cada um dos CAMs participando do evento. Em segundo plano, observa-se os participantes sentados no auditório do evento, e, por fim, em terceiro plano, o palco do auditório onde ocorre a apresentação do conteúdo do evento.
Os CAMs possibilitaram a participação de todos os municípios da RMC por meio de videoconferência. | Foto: Matheus Carneiro/URBTEC™
“Queremos que este trabalho seja referência para as outras regiões do país, e, para que isso aconteça, a gente vai depender muito da participação de todos”, salientou Gilson Santos, diretor-presidente da Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (Amep).

Cidadã da RMC participa do evento preenchendo uma ficha .
Participantes contribuíram com críticas, dúvidas e sugestões para o desenvolvimento do PDUI-RMC. | Foto: Matheus Carneiro/URBTEC™

Além da sociedade civil, estiveram presentes diversas autoridades da RMC: a prefeita de São José dos Pinhais, Nina Singer; o prefeito de Balsa Nova, Marcos Antônio Zanetti; o deputado estadual Thiago Bührer; o representante do Instituto Água e Terra (IAT), Luiz Fornazari; e vereadores, secretários municipais e representantes de outras instituições.


A realização da primeira audiência pública encaminha o encerramento da primeira fase da elaboração do plano. A fase seguinte, que abordará o diagnóstico da RMC, já vem sendo construída pelas equipes da Amep, do Consórcio PDUI-RMC Sustentável e dos diversos entes municipais e estaduais envolvidos. Essa segunda fase contará com outros eventos públicos, garantindo a participação ativa da sociedade civil. Para consultar os documentos, mais informações e enviar contribuições a qualquer momento, acesse o site: www.pduirmc.com.br.

Comentários


bottom of page