top of page

Serviços

A URBTEC™ oferta uma extensa cartela de serviços, atendendo as esferas pública e privada por meio de uma atuação técnica integrada e multidisciplinar. Os trabalhos da consultoria abrangem diferentes escalas, desenvolvendo propostas atualizadas e em sintonia com os princípios do desenvolvimento sustentável.  A empresa se compromete em entregar a máxima qualidade e eficiência, em consonância com o que há de mais inovador nos setores de planejamento urbano, urbanismo e mobilidade.

Setor privado

Setor público

Nossos clientes

Setor privado

Atendimento às necessidades do mundo coorporativo, fomentando o empreendedorismo e o desenvolvimento econômico sustentável.

Planejamento urbano

O estudo de viabilidade indica se é possível ou não realizar um empreendimento. Através dele, identificamos informações como a rentabilidade do empreendimento. O estudo de viabilidade permite prever se o projeto apresenta cenários mais otimistas ou pessimistas, possibilitando tomar decisões mais adequadas à realidade.

Estudo de Viabilidade

de Empreendimentos

Imobiliários

Elaboração de
Projetos Urbanísticos

Os projetos urbanísticos definem novos espaços urbanos e intervenções nos espaços existentes. São desenvolvidos em etapas com atividades simultâneas complementares de diversas especialidades, coordenadas e integradas em um processo contínuo até a contratação das obras.

O Planejamento Urbano Orientado a Investimentos considera as oportunidades de retorno financeiro no contexto urbano. Esse processo engloba instrumentos como parcerias público-privadas (PPPs), incentivos fiscais e fundos de investimento específicos para o desenvolvimento urbano, promovendo a eficiência e sustentabilidade.

Planejamento Urbano
Orientado a Investimentos

Masterplan

O Masterplan é um conjunto organizado de decisões sobre como fazer algo no futuro. No contexto urbano, abrange documentos que proporcionam uma visão física, espacial e mercadológica do espaço em questão. Além do olhar multidisciplinar, traz outras vantagens, como flexibilidade e dinamismo.

Os Estudos Urbanos buscam requalificar áreas existentes para melhorar a qualidade de vida, incluindo transporte, segurança, oportunidades de acesso e interação com o ambiente. Com problemas como poluição, congestionamentos e vazios urbanos, a sustentabilidade atua como forma de combate às alterações climáticas.

Estudos Urbanos

Transporte e Mobilidade

EIV - Estudo de Impacto
de Vizinhança

O Estudo de Impacto de Vizinhança é um relatório multidisciplinar das consequências negativas e positivas causadas por empreendimentos, que propõe medidas mitigadoras. Avalia aspectos como adensamento populacional, uso e ocupação do solo, valorização imobiliária, geração de tráfego e demanda por transporte público.

Os Estudos de Tráfego indicam quantos veículos circulam por uma via em um determinado período, suas velocidades, onde seus condutores desejam estacioná-los, onde se concentram os acidentes de trânsito etc. Assim, é possível obter o prognóstico das necessidades de circulação, informação essencial para o planejamento da rede.

Estudos de Tráfego

PGV - Polos Geradores

de Viagens

Os Polos Geradores de Viagens são empreendimentos de grande porte que atraem ou produzem um grande número de viagens, causando impactos negativos na circulação viária em seu entorno imediato e, em certos casos, prejudicando a acessibilidade de toda a região, além de agravar as condições de segurança de veículos e pedestres.

Os projetos de estacionamentos geralmente são baseados em legislações municipais que estabelecem regras específicas para a disposição de vagas, sua quantidade e dimensões.

Projetos de Estacionamentos

Projetos de Sinalização

O Projeto de Sinalização fornece informações visuais para que os usuários ajam de forma adequada e segura no tráfego cotidiano, orientando os motoristas usuários da via e ciclovia. Portanto, as sinalizações vertical e horizontal devem ser de fácil compreensão, constante, aparente e em bom estado de conservação.

O uso de Tecnologias para Trânsito e Transporte ajuda a registrar e decodificar informações e gerar estatísticas sobre as irregularidades no trânsito, permitindo o desenvolvimento de soluções para os problemas detectados. Esses dados possibilitam minimizar problemas como engarrafamentos, infrações e acidentes de trânsito.

Tecnologias para 

Trânsito e Transporte

Simuladores de Tráfego

A Simulação de Tráfego permite criar modelos que refletem como os veículos se movem em uma área específica, considerando uma série de fatores, como sinalização existente, velocidade e comportamento do motorista. Assim, é possível analisar os impactos das alterações viárias antes da implantação de um determinado projeto.

Projetos de Monitoramento de Trânsito e Tráfego são estudos que identificam elementos que prejudicam a fluidez, segurança, acessibilidade e qualidade de vida de todos. Buscam reduzir as interferências no trânsito, tais como veículos quebrados, acidentados ou estacionados irregularmente, veículos de emergência na via etc.

Projetos de Monitoramento

de Trânsito e Tráfego

Setor público

Atendimento às necessidades do setor público, desenvolvendo melhorias para as cidades e pessoas.

Planejamento urbano

Plano Diretor
Municipal

Conforme o Estatuto da Cidade, o Plano Diretor é "o instrumento básico da política de desenvolvimento e expansão urbana". Ele estabelece o diálogo entre os aspectos territoriais e os objetivos socioeconômicos e ambientais da cidade, e deve almejar distribuir os benefícios da urbanização para promover inclusão e sustentabilidade.

O Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado

é um instrumento de planejamento e gestão metropolitana. Ele orienta ações governamentais e da iniciativa privada em Regiões Metropolitanas (RMs), Aglomerações Urbanas (AUs) e Microrregiões (MRs), para que as decisões relativas a esses territórios sejam tomadas, de forma democrática.

Plano de Desenvolvimento
Urbano Integrado

Planos de
Desenvolvimento
Regional

O Plano de Desenvolvimento Regional compreende uma análise de fatores sociais e econômicos de uma região, que compõem a mobilidade espacial, do trabalho e inovações. Quando bem empregados, eles podem reduzir desigualdades regionais. O desenvolvimento regional constitui um processo de transformação social, econômica e cultural.

O Plano de Desenvolvimento Sustentável busca garantir o sucesso responsável, ético e contínuo das organizações, seguindo os valores ESG ("Environmental, Social and Governance"), que medem as práticas ambientais, sociais e de governança de uma organização, para tornar suas operações mais responsáveis nestes três pilares.

Plano de
Desenvolvimento
Sustentável

Transporte e Mobilidade

Plano de
Mobilidade
Urbana

O Plano de Mobilidade Urbana orienta a política de mobilidade de uma cidade. Estabelece hierarquia viária, diretrizes para o sistema de transporte público e mapeia as obras necessárias para os próximos dez anos. Busca melhorar o deslocamento de forma sustentável, considerando a melhor forma de ir e vir.

O Plano de Transporte Coletivo consiste na formulação de uma filosofia de prestação de serviços que aumente a eficiência dos veículos e reduza os custos do transporte. O objetivo é melhorar o nível de serviço oferecido aos usuários do sistema de transporte coletivo, aumentando a acessibilidade aos polos geradores de viagens.

Plano de
Transporte

Coletivo

Estudos de Tráfego

Os Estudos de Tráfego indicam quantos veículos circulam por uma via em um determinado período, suas velocidades, onde seus condutores desejam estacioná-los, onde se concentram os acidentes de trânsito etc. Assim, é possível obter o prognóstico das necessidades de circulação, informação essencial para o planejamento da rede.

Projetos Viários englobam a construção, manutenção e operação da rede viária de uma cidade, visando melhorar a mobilidade, agilizando o deslocamento e reduzindo congestionamentos. Melhoram a segurança viária e contribuem para a revitalização econômica das áreas servidas, ampliando o acesso a serviços essenciais.

Projetos Viários

Projetos de Sinalização

O Projeto de Sinalização fornece informações visuais para que os usuários ajam de forma adequada e segura no tráfego cotidiano, orientando os motoristas usuários da via e ciclovia. Portanto, as sinalizações vertical e horizontal devem ser de fácil compreensão, constante, aparente e em bom estado de conservação

O Projeto Básico para Implementação de Fiscalização Eletrônica caracteriza uma obra ou serviço com base em estudos técnicos preliminares, assegurando a viabilidade técnica e o tratamento do impacto ambiental, e possibilitando a avaliação do custo da obra e a definição dos métodos e do prazo de execução.

Projeto Básico para
Implementação de
Fiscalização Eletrônica

Alguns dos nossos clientes

Sem título-1.png

Governo do Estado do Paraná

Sem título-25.png

Governo do Estado da Bahia

Brasão_do_Distrito_Federal_(Brasil).svg.png

Governo do Distrito Federal

Sem título-1444.png

Prefeitura de Campo Grande (MS)

Sem título-17499644.png

Prefeitura de João Pessoa (PB)

Prefeitura de Palmas (PR)

Prefeitura de Fazenda Rio Grande (PR)

Sem título-144447777.png

Prefeitura de Canoinhas (SC)

Sem título-17744111.png

Prefeitura de Quatro Barras (PR)

Sem título-1777.png

Prefeitura de Guarapuava (PR)

hfbb.png

Prefeitura de Cabedelo (PB)

bzfxnmgf.png

Prefeitura de Pato Branco (PB)

700px-Brasão_de_Caxias_do_Sul_-_RS.svg.png

Prefeitura de Caxias do Sul (RS)

vxzcf.png

Prefeitura de Novo Hamburgo (RS)

sjyekd.png

GIZ

Serviço Social

Autônomo Paranacidade

bottom of page